This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.

This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.

R7

Faça o download do relatório

  1. Relatório

Este relatório foi feito a partir da análise de notícias do portal de comunicação R7, site brasileiro criado em 27 de setembro de 2009 para reforçar o sistema de comunicação da Rede Record. Ao lado dos portais UOL e G1, o R7 é um dos portais de informação mais influentes do Brasil. De acordo com o ranking da Alexa, o portal está entre os 100 sites mais acessados.

Foram coletados dados de janeiro a maio de 2016. Por meio de categorias desenvolvidas pelo Grupo de Pesquisa “MIDIAMIGRA- Observatório de Migração e Comunicação”, foi feita uma pré-seleção com o auxílio das notícias veiculadas no período estabelecido na porta (http://www.r7.com/).

Foi estabelecido no método que as matérias seriam classificadas como Diversidade (Manifestações e expressões culturais estão dentro desse universo. Cultura: música, gastronomia, eventos artísticos) Criminalização (matérias que relatem crimes cometidos por e com migrantes ou refugiados; matérias que relacionem migração e tráfico de pessoas.) O Migrante Ideal (notícias que apresentem enquadramento positivo sobre atuação de migrantes na sociedade brasileira). Preconceito/ Xenofobia (notícias sobre violências/agressões cometidas a migrantes/refugiados; preconceito expresso por brasileiros a estrangeiros) e Trabalho (mão de obra sem regularização e trabalhadores autônomos).

  1. Análise Quantitativa

Durante o período estabelecido, do mês de janeiro a maio do ano de 2016, na primeira amostra de notícias do portal, com as palavras-chaves pré-estabelecidas, foi possível captar 560 matérias. Num segundo momento, após a leitura do material coletado, foram selecionadas para análise 9 matérias, aproximadamente 1,6% do total, sendo elas 8 notícias, aproximadamente 88,88% do total, e 1 reportagem, aproximadamente 11,11% do total analisado. Vale ressaltar que as matérias excluídas, não tinham e nem faziam parte do nosso objetivo de estudo e foram captadas por identificações isoladas das palavras-chaves.

Nas matérias sobre migrante ideal, uma categoria relacionada ao grupo de pesquisa “MIDIAMIGRA” foi possível identificar 3 notícias, aproximadamente 33,3% do total analisado, que foram publicadas entre os meses de abril e maio de 2016.

Já na categoria Preconceito foram identificadas 3 notícias, também aproximadamente 33,33% do total analisado, que foram publicadas no mês de março, abril e maio de 2016.

No quesito da categoria Diversidade foi apenas identificada 1 notícia que suprisse os quesitos impostos, aproximadamente 11,11% do total analisado

Em relação a categoria do Trabalho apenas 2 matérias, aproximadamente 22,22% do total analisado

A cobertura de todas as matérias foi realizada na região sudeste. Das notícias analisadas, 5 foram assinadas por um jornalista ou repórter, aproximadamente 55,55% do total e 4 foram assinadas por uma agência de notícias nacional, aproximadamente 44,44% do total analisado.  Referente aos tipos de fonte de cada matéria, 1 é especialista, 11,11% do total analisado, 5 são oficiais, 55,55%, e 3 são oficiosas, 33,33%. Dos documentos analisados, todos os 9 tiveram como país de cobertura o Brasil, conforme sugerem as diretrizes da pesquisa. Quanto ao gênero dos repórteres das notícias analisadas, todos eram do gênero masculino. Referente ás categorias secundárias da pesquisa, 1 matéria foi classificada como diversidade, 1 como migrante ideal, 2 como trabalho e as demais não se encaixaram em nenhuma categoria secundária

 

  1. Análise Qualitativa dos Dados

Nas matérias“ Números de pedidos de refúgio no pais aumenta 62,6% de 2013 e 2015”, “ Brasil já reconheceu 8.863 refugiados de 79 nacionalidades”, “Angolanos já são mais da metade dos refugiados no Rio de Janeiro” classificadas na categoria “Diversidade” desenvolvida pelo grupo de pesquisa “MIDIAMIGRA” as notícias relacionaram a atuação positiva das vindas de migrantes para o Brasil e o reconhecimento de refugiados no território brasileiro, observando que algumas dessas informações vieram de agência de comunicação nacional, sem data específica de publicação apenas mostrando o mês da postagem.

Nas informações expostas pelas notícias: “Migrantes representam 71% dos moradores de rua em São Paulo” “Maioria de brasileiros aprova entrada de refugiados no país, mas não na própria cidade ou casa” “Pior que ser refugiado é ser refugiada” classificadas na categoria Preconceito, foi possível reconhecer exclusão sofrida dos migrantes no país, essas notícias mostram as dificuldades de se viver no Brasil.

 A matéria da categoria Diversidade possui uma abordagem positiva e vem mostrar um evento cultural que teve a colaboração de migrantes que vivem no centro de São Paulo, como diz o título da matéria “Artistas refugiados e migrantes se apresentam no aniversário da capital paulista” notícia produzida o mês de janeiro de 2016.

Duas matérias da categoria Trabalho se enquadraram nas diretrizes da pesquisa, elas possuem um teor positivo em relação aos migrantes que vivem no pais, como a oportunidade de trabalho qualificado, como mostra os títulos “Feirões e várias iniciativas empregaram 11 mil refugiados desde 2012” “Sebrae vai capacitar refugiados para abrirem negócios no Brasil” noticias produzidas nos meses de março e abril de 2016.

Todas elas foram classificadas a partir dos seguintes parâmetros: Análise de categoria, valor notícia, apresentação da (o) personagem, sobre os dados, se a matéria apresenta possíveis soluções, observações de posicionamento, teor das notícias, qual olhar, migração no Brasil, visão sobre migrante. As 9 notícias que foram selecionas aderiam a todos os quesitos impostos de acordo com a pesquisa

O Portal de notícias R7 retratou várias notícias que abordam o tema estudado pela pesquisa a respeito de migração e refugiados. As notícias selecionadas possuem um cunho voltado para o nacional e os dados mostram grande diversidade e grande inclusão de notícias sobre o tema migração no Brasil, que é abordado pelo próprio veículo de comunicação.

  1. Observações Finais

Foi possível concluir que o portal do R7 durante janeiro a maio de 2016 produziu 9 matérias voltadas para o âmbito nacional. O conteúdo do site é imenso com diversos assuntos de diferentes áreas e quando o assunto é migrações ou refugiados podemos identificar um número considerável de publicações. O portal mostra grande acompanhamento sobre o assunto e busca mostrar o enfoque necessário sobre migração contemporânea, juntamente com a ajuda de agencias nacionais, para fortalecer o sistema.

By | 2017-04-10T12:14:04+00:00 abril 10th, 2017|Relatórios|0 Comments

About the Author:

Leave A Comment