This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.

This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.

Relatório El País

Home/Relatorios 3-2016/Relatório El País

Relatório El País

Faça o download 

1. Apresentação

Este relatório foi elaborado a partir da análise de notícias do veículo El País. O periódico espanhol foi fundado em 1976, sendo atualmente o jornal diário de maior tiragem na Espanha de tendência socialdemocrata. Em novembro de 2013, uma versão do El País em português foi lançada online, possuindo traduções do espanhol e publicações próprias.

No período de setembro a dezembro de 2016, foram coletadas 532 matérias do veículo El País pelo site (http://brasil.elpais.com/). Por meio de categorias desenvolvidas pelo Grupo de Pesquisa “Mídiamigra- Observatório de Migração e Comunicação Intercultural”, foi feita uma pré-seleção. Após limpeza e análise mais aprofundada do conteúdo das notícias, 2 foram selecionadas por tratarem da imigração para o Brasil, de acordo com as diretrizes da pesquisa. As matérias selecionadas são intituladas “A odisseia dos haitianos que deixam o Brasil em crise com destino aos EUA” publicada no dia 27 de outubro e “Argentino é morto a golpes em bar na Bahia” publicada no dia 3 de novembro. Vale ressaltar que as matérias excluídas não tinham e nem faziam parte do nosso objetivo de estudo e foram captadas por identificações isoladas das palavras-chaves como imigrantes, refugiados, migrantes.

As matérias foram classificadas a partir dos seguintes parâmetros: análise de categoria, valor notícia, apresentação da (o) personagem, existência de dados, se a matéria apresenta possíveis soluções, observações de posicionamento, teor das notícias, qual olhar, migração no Brasil, visão sobre migrante e visão inclusiva.

2. Análise quantitativa dos dados

Foram analisadas ao todo 2 matérias do veículo de notícias El País. Do material captado, uma notícia foi classificada como “Criminalização”, 50% do total, e a reportagem “A odisseia dos haitianos que deixam o Brasil em crise com destino aos EUA”, publicada no dia 27 de outubro de 2016, foi classificada na categoria “Trabalho”.

Em relação ao gênero do repórter, as duas matérias, 100% do total, foram produzidas por jornalistas do gênero masculino. O tipo de fonte utilizada para desenvolver ambas as notícias foi oficial, as matérias também contaram com personagens. Com relação à produção das notícias, a assinatura de todas foi feita por repórteres.

O veículo contou somente com cobertura de notícias internacionais, a reportagem “A odisseia dos haitianos que deixam o Brasil em crise com destino aos EUA”, publicada no dia 27 de outubro, teve cobertura em Tijuana, no México, enquanto a notícia “Argentino é morto a golpes em bar na Bahia” teve cobertura em Buenos Aires, Argentina. Na coleta, uma das publicações selecionadas é notícia, 50% do total analisado, e a outra é reportagem, 50%.

3. Análise qualitativa dos dados

As matérias foram classificadas a partir dos seguintes parâmetros: Análise temática de categoria, valor notícia, apresentação da (o) personagem, existência de dados, se a matéria apresenta possíveis soluções, observações de posicionamento, teor das notícias, qual olhar, migração no Brasil, visão sobre migrante e visão inclusiva.

A coleta contou com uma notícia de caráter negativo, que relatou o assassinato de um argentino por um brasileiro, e uma reportagem de caráter positivo que mostrou uma nova alternativa de vida para imigrantes haitianos que estavam no Brasil.

A reportagem, denominada “A odisseia dos haitianos que deixam o Brasil em crise com destino aos EUA”, publicada no dia 27 de outubro de 2016, tratou da realidade de imigrantes haitianos no Brasil que, por conta de um tratado humanitário, irão se mudar para os Estados Unidos. A reportagem conta com palavras dos próprios haitianos que relataram os problemas, principalmente, econômicos e de violência, vividos no Haiti e ao longo de suas mudanças de território. Ao final da reportagem é feita uma contextualização sobre a atual cidade dos imigrantes em direção aos Estados Unidos, Tijuana, no México. O repórter afirma que a cidade é conhecida por acolher bem os imigrantes e por sua diversidade econômica, visual e cultural.

A matéria foi classificada na categoria “Trabalho”, por tratar de um prisma predominantemente econômico da migração, e na modalidade “Reportagem”, por trazer um aprofundamento acerca do tema abordado. A reportagem foi assinada pelo jornalista David Marcial Pérez e teve cobertura internacional na cidade de Tijuana, no México. Contou com fontes primárias e oficiais de informação. A notícia não apresentou dados sobre leis de migração no Brasil e teve tratamento contextual, visto que relatou de modo abrangente a realidade de imigrantes haitianos.

A outra matéria coletada no veículo “El País” é denominada “Argentino é morto a golpes em bar na Bahia” e foi publicada no dia 3 de novembro de 2016. Tal matéria relatou a morte de um argentino em Morro de São Paulo, Bahia, por um brasileiro que afirmou que a vítima era um “estrangeiro que rouba trabalho dos locais”. O argentino Marcelo Gabriel Rey morava no Brasil desde 2013 e morreu após vários tipos de agressão e, por fim, com um golpe na cabeça contra uma escada de pedra. Atualmente, o assassino está foragido e o Consulado da Argentina trabalha para repatriar os restos mortais.

A matéria foi classificada na categoria “Criminalização”, por tratar de um ato de violência cometido com um imigrante. A notícia foi assinada pelo jornalista Ramiro Barreiro e teve cobertura internacional na cidade de Buenos Aires, na Argentina. Contou com fontes primárias e oficiais de informação. A notícia não apresentou dados sobre leis de migração no Brasil e teve tratamento informativo, por ter relatado de modo objetivo o acontecimento.

4. Observações finais

Ambas as notícias citadas tiveram produção internacional. Os dois materiais coletados foram produzidos por jornalistas homens. Os temas foram abordados de modos diferentes, a notícia com tratamento direto, e a reportagem de modo mais detalhado e pessoal.

Não foram propostas soluções por parte do governo brasileiro para os temas apresentados. As leis brasileiras migratórias também não foram abordadas e analisadas.

 

Maria Carolina de Morais

By | 2017-05-14T21:21:13+00:00 maio 14th, 2017|Relatorios 3-2016|0 Comments

About the Author:

Leave A Comment