This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.

This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.

Migração e Comunicação Intercultural: fluxos transnacionais, interferências locais e uso das TICs

Home/Pesquisas/Migração e Comunicação Intercultural: fluxos transnacionais, interferências locais e uso das TICs

Migração e Comunicação Intercultural: fluxos transnacionais, interferências locais e uso das TICs

2013 – 2015

Descrição: A pesquisa propõe o foco sobre as práticas e os usos das chamadas Tecnologias Informacionais e Comunicacionais, as TICs, entrelaçada ao contexto da globalização. Nossas premissas de pesquisa partem das seguintes perguntas: podemos qualificar os recentes fluxos migratórios para o Brasil como um fenômeno transnacional? Se sim, qual o papel das TICs nas trocas informacionais entre os migrantes? Elas participam na formulação de estratégias lançadas para ingressar e, em seguida, permanecer no Brasil? Como essas tecnologias interferem no processo de pertencimento do migrante? Para esta pesquisa, interessa-nos dois grupos de imigrantes recentes no Brasil, refugiados e solicitants de refúgio, com o foco daqueles estabelecidos no Distrito Federal.

Situação: Concluído. Natureza: Projetos de pesquisa

Alunos envolvidos: Graduação (4);

Integrantes: Sofia Cavalcanti Zanforlin (Responsável);  Florence Dravet; Ana Carolina Kalume

By | 2017-04-17T10:49:54+00:00 outubro 31st, 2016|Pesquisas|0 Comments

About the Author:

Leave A Comment